+Academia: MAPA consciencializa sobre os Direitos dos Animais

+Academia: Duarte Ramos
+Academia: Inês Brás

A palestra sobre os direitos dos animais foi realizada no dia 15 de maio, na Biblioteca Central da Universidade da Beira Interior. A iniciativa foi promovida e realizada pelo MAPA (Movimento Académico de Proteção Ambiental).

Marisa Sousa, vegan há seis anos, foi a escolha da organização. A oradora conta com uma vasta experiência dentro do mundo vegan, sendo também ativista pelos direitos dos animais desde 2017, e voluntária em eventos nacionais e internacionais.

A oradora tinha como principal objetivo demonstrar que o veganismo não é perfeição e que ninguém o pode ser a 100%“. Salientou também que os aderentes à iniciativa terão sempre diversos fatores, inerentes a si mesmos, que os irá impedir de chegar à utopia, mas que qualquer esforço que os permita contribuir é válido.

A mesma recorreu à apresentação do trailer do documentário Dominion para revelar os verdadeiros acontecimentos que decorrem nos centros de abate, por todo o mundo. A ativista refere ainda que “o veganismo é bem mais fácil do que aquilo que parece à primeira vista“, referindo vários alimentos como alternativa, como leguminosas e vegetais. Acrescentou também que o estilo de vida “pode ser acessível a nível monetário, pois a carne é o produto que exige mais esforço financeiro”.


A apresentação teve maior impacto no debate sobre os direitos e exploração dos animais, bem como as consequências que estas têm no meio ambiente.

Partilha isto: