+Academia: Mundo Segundo e Sam The Kid, o rescaldo do concerto

+Academia – Ana Lemos
+Academia – Carolina Salgado

No 4º dia da Semana Académica da Covilhã, Mundo Segundo e Sam the Kid (STK) subiram ao palco do pavilhão da Anil. O dia 3 de maio foi dedicado ao hip-hop português que juntou, no mesmo espaço e pela primeira vez, os dois artistas para um concerto inédito.

Eram 2h15, Dj Seco já tinha atuado e os fãs dos rappers portugueses esperavam freneticamente para que o lisboeta e o gaiense subissem ao palco. As luzes escurecem e ali estão eles prestes a entrar em cena. Apesar de já terem atuado na Covilhã, como artistas individuais, a dupla Mundo Segundo e Sam the Kid, decidiu juntar-se num novo projeto musical.

São amigos de longa data. Partilham o mesmo estilo, o gosto pela criação de letras e pelos ritmos, mas também contam com muitas outras características que os distinguem. O facto de viverem em diferentes zonas do país é uma delas: “Também temos muita coisa que nos distingue e isso é interessante no nosso projeto. Até o facto de vivermos em zonas diferentes faz com que as influências a nível do vocabulário não sejam as mesmas, mas um acaba por complementar o outro.” confessa Sam the Kid.

Numa noite em que o pavilhão da Anil recebeu centenas de pessoas, os músicos receavam que o público mais jovem não conhecesse o seu trabalho. No entanto, destacam que ficaram surpreendidos, já que foram recebidos por um público bastante caloroso que conhecia, cantava e acompanhava, sobretudo, as músicas do reportório mais antigo. Mundo Segundo revelou também que uma canção que deixa o público mais eufórico é Tu não sabes.

No rescaldo do concerto, quando ainda todos assimilavam o show a que acabaram de assistir, João Simões, aluno do curso Ciências da Comunicação e fã de hip hop português, falava sobre o quanto esperava por este dia. Afirmou: “Como sempre foi um concerto bastante bom. Os artistas cantaram os seus melhores hits. Para mim, o melhor momento do concerto foi quando cantaram Gaia/Chelas, uma música que leva o público a sentir energia e empatia”.

Mundo Segundo, pseudónimo de Edmundo Silva, é um rapper nascido na Vila Nova de Gaia (Porto). Com apenas 38 anos, é uma figura incontornável no espectro do hip-hop português. Já na capital, nasceu Sam The Kid, também conhecido por Samuel Mira. Com 39 anos, o rapper ficou famoso quando deu a conhecer ao mundo as rimas que escrevia em casa, situada em Chelas (Marvila).

Os artistas deixaram longos elogios à Associação Académica da Universidade da Beira Interior (AAUBI) afirmando que foram bem recebidos, desde o alojamento à gastronomia, assim como a hospitalidade de toda a equipa.

Por volta das 6H da manhã, a luz do sol já começava a surgir nas janelas do pavilhão. É hora de ir para casa, depois de receber os ícones das duas grandes cidades de Portugal.

Mundo Segundo e Sam the Kid prometeram regressar à Covilhã num próximo ano e deixam uma mensagem aos alunos finalistas, “Boa sorte nas vossas carreiras, divirtam-se e sejam felizes”.

Partilha isto: