+Academia: AAUBI quer organizar CNU’s de 2020

No dia 17 de abril, o anfiteatro das Sessões Solenes da Universidade da Beira Interior (UBI) recebeu a apresentação da candidatura aos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU’s) para o ano 2020. Esta candidatura foi protagonizada pela Associação Académica da Universidade da Beira Interior (AAUBI), em conjunto com a UBI e com a colaboração das autarquias da Covilhã e do Fundão.

O primeiro discurso pertenceu ao presidente da AAUBI, Afonso Gomes, que destacou a prática do desporto universitário como um “meio de integração social e forma de promover competências psicossociais”. Como exemplo positivo da área desportiva na universidade, trouxe o nome de “Tarantini” (ilustre capitão e jogador do Rio Ave Futebol Clube), que é licenciado e mestre em desporto pela UBI Quase em jeito de promessa, Afonso Gomes revelou ainda uma iniciativa em prol da natureza e contra a desflorestação, que consistirá na plantação de uma árvore por cada atleta participante, no caso de a fase final dos CNU’s se realizar na Covilhã e Fundão.

O presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, definiu a candidatura como “legítima e forte”, elogiando ainda os jovens universitários, que “são um exemplo de que a união faz a força”. Também Miguel Gavinhos, vice-presidente da Câmara Municipal do Fundão, marcou presença, tendo decidido destacar a UBI como “alavanca e motor do desenvolvimento da região” e apontando esta candidatura como um “sinal de força e união entre os municípios”. Aproveitou também para dar ênfase à importância do desporto para as duas cidades, utilizando como exemplos a Associação Desportiva do Fundão e o Sporting Clube da Covilhã.

Já o Professor Doutor António Fidalgo, Reitor da UBI, tomou a palavra para se referir à região da Beira Interior como “a mais dinâmica do interior do país”. No campo desportivo, exaltou os cursos da área que são lecionados na universidade, fazendo referência direta à presença do curso de Ciências do Desporto no Ranking de Shangai, um dos mais conceituados a nível internacional. Referiu-se ainda à academia como “um centro de formação tecnológica, mas sobretudo, de formação cultural e humana, para a qual contribui o desporto”.

Para finalizar a cerimónia, antes do momento simbólico da entrega da candidatura a Daniel Monteiro, Presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), este destacou a UBI como “uma excelente anfitriã das competições da FADU”, dando o exemplo das fases finais dos CNU’s que a Covilhã acolheu em 2013. Prosseguiu salientando a importância de ser o desporto a “reforçar a relação entre a academia e os dois municípios” e terminou com a ideia de que “o desporto é muito mais que aquilo que é praticado em campo, estes eventos são momentos de afirmação dos territórios que os acolhem”.

A competir com a candidatura Covilhã/Fundão está uma candidatura de Lisboa, sendo que os resultados deverão ser divulgados até ao fim do mês.

Partilha isto: