+Academia: Semana Solidária: Música junta jovens e utentes do centro de dia da Mutualista

Foi no passado dia 2 de abril que alguns jovens se juntaram à Associação Académica da Universidade da Beira Interior (AAUBI) e à Associação de Jovens para a Ação Social (AJAS) para ajudarem numa atividade de estimulação cognitiva através da música, no lar da Mutualista Covilhanense.

Com a Semana Solidária da AAUBI a decorrer, onde várias atividades foram ou organizadas pela própria associação ou com a colaboração da mesma e da AJAS, a semana teve como propósito ajudar e apelar ao voluntariado.

A atividade feita com alguns idosos espalhou música pela sala do centro de dia, animou os mais velhos e juntou utentes, funcionários da Mutualista e jovens voluntários.

O convívio intergerações é ótimo para nos realizar a nós próprios, termos noção daquilo que foi o passado e daquilo que se vive nos dias de hoje, numa sociedade mais envelhecida, mas que necessita do apoio de todos”, referenciou o coordenador da Secção de Saúde e Ação Social da AAUBI, Luís Afonso.

Várias músicas do cancioneiro português passaram na sala do centro de dia e consoante as canções, os utentes tinham que relacionar os temas das músicas às fotografias e nomes dos respetivos intérpretes.

A música desperta em nós tudo o que é de bom, o cérebro dança, como nós costumamos dizer, e eles divertiram-se imenso”, sublinhou a diretora técnica da Mutualista, Raquel Ribeiro.

De Amália a Quim Barreiros, de Mariza a Toni Carreira, de Beatriz Costa a Carlos Paião, os jovens voluntários foram ajudando os mais velhos a colocar e a decifrar as canções. Enquanto uns dançavam ao som da música e outros cantavam, outros tantos utentes observavam atentos o jogo que estava a decorrer, também eles divertidos com a música e com a atividade.

Pormenor do jogo de estimulação cognitiva

Resulta muito bem a interação entre os jovens e os idosos. A participação dos estudantes é ótima, é um voluntariado muito acarinhado pelas instituições”, apontou ainda a diretora técnica da associação.

Nesta sexta edição da Semana Solidária, que “correu muito bem”, a AAUBI apostou em várias atividades que “fossem, simultaneamente, atrativas para os voluntários e com um cariz solidário muito forte”, tal como apontou Luís Afonso.

Para além da Mutualista Covilhanense, a colaboração foi feita com outras instituições, como o Banco Alimentar, a Casa do Menino Jesus, a Instinto, que colaborou com a AAUBI e AJAS numa “Cãominhada”, com a delegação da Covilhã da Cruz Vermelha Portuguesa, numa recolha de alimentos, a HuBB – Humans Before Borders ou o Projeto LAR – Love And Respect, um projeto que visa a integração de refugiados e migrantes, entre outras.

As nossas expectativas eram altas, mas sentimo-nos perplexos com a adesão que sucedeu a primeira divulgação da fase de inscrições. Em menos de 24 horas, conseguimos esgotar 3 atividades. Durante o evento, o feedback dos participantes foi bastante positivo e foi gratificante saber que este género de eventos, muitas vezes esquecidos ou menosprezados, são necessários e são experiências enriquecedoras que nos sensibilizam para uma vertente da nossa sociedade que não pode ser esquecida”, salientou Luís Afonso.

A Semana Solidária decorreu entre os dias 1 e 7 de abril e a AAUBI promete não deixar de lado estas iniciativas, “a componente solidária e de responsabilidade social é inerente a esta instituição e este género de atividades de componente solidária continuarão a ser planeadas, dinamizadas e executadas ao longo de todo o mandato”, tal como afirmou o coordenador da Secção de Saúde e Ação Social da AAUBI.

Partilha isto: