GAE

1) O que devem os docentes disponibilizar das primeiras duas semanas de cada semestre?

Os docentes devem disponibilizar nas primeiras duas semanas de cada semestre:

- Objetivos e programa da Unidade Curricular;

- Formas e datas de avaliação;

- Bibliografias;

- Limite mínimo de sessões presenciais.

- Critérios de Avaliação no qual tu tens uma palavra, os critérios devem ser apresentados aos alunos e aprovados por estes caso concordem.

 

2) Quais as formas de pagar propinas?

Não é obrigatório o pagamento das propinas no ato da matrícula/inscrição, podendo posteriormente fazê-lo de acordo com o calendário de pagamento de propinas.

Prestação única: 1037,20€

Prestações: 259,30€ (4X)

Prestações: 103,72€ (10X)

 

3) Quando é que tenho que entregar os documentos para beneficiar de uma Bolsa?

Tem que entregar os documentos no ato de inscrição, até ao último dia do mês de Outubro, ou até 10 dias úteis após inscrição, se a mesma ocorrer mais tarde.

 

4) Como se pode fazer requerimentos?

Todos os requerimentos são realizados no Balcão Virtual da Universidade da Beira Interior, em (academicos.ubi.pt), no separador “Ensino” e posteriormente no sub separador “ Serviços” onde se encontrará um espaço para “Pedido de Requerimentos."

 

5) Quais os regimes especiais de frequência na Universidade da Beira Interior?

1.    Estudante atleta da UBI;

2.    Estudante agente desportivo de alto rendimento;

3.    Estudante bombeiro;

4.    Estudante com necessidades educativas especiais;

5.    Estudante dirigente associativo jovem;

6.    Estudante membro de órgão da UBI;

7.    Estudante finalista;

8.    Estudante integrado em atividades culturais da UBI ou com participação em atividades de reconhecido mérito universitário;

9.    Estudante integrado em programas de mobilidade estudantil;

10. Estudante militar;

11. Estudante que ingresse ou tenha sido colocado após o início das atividades letivas;

12. Estudante em regime de voluntariado;

13. Estudante beneficiário de regime de maternidade ou parentalidade;

14. Trabalhador estudante.

 

6) Quais os direitos dos alunos que beneficiam do Estatuto de Trabalhador - Estudante?

1. Escolher as turmas das Unidades Curriculares que frequenta;

2. Frequentar aulas em mais do que uma turma da mesma Unidade Curricular, desde que tal seja justificado e seja viável;

3. Possibilidade de acesso a aulas de compensação ou de apoio pedagógico;

4. Requerer acesso à época de exames especiais nas condições regulamentadas;

5. Ao regime de isenção de prescrição, durante o período em que beneficie do respetivo estatuto, contabilizando apenas para efeitos de prescrição 0.5 pontos anuais em vez de 1 ponto anual, ou seja, cada ano letivo irá ser contabilizado como metade;

6. À isenção de assiduidade mínima por UC, à exceção das que forem consideradas como imprescindíveis.

 

7) Quais os direitos dos alunos que beneficiam do Estatuto de Dirigente Associativo?

- O estudante pode faltar às aulas ou outras atividades similares quando esta se dever à comparência em reuniões e atos de manifesto de interesse associativo num máximo de faltas correspondente a 15% das aulas consideradas obrigatórias em cada UC;

- Adiar a data da realização de avaliações contínuas, a data de apresentação de trabalhos e relatórios escritos e/ou data da respetiva apresentação, para uma data a acordar com o docente responsável pela UC até um máximo de 20 dias úteis dentro do período de ensino-aprendizagem;

- Requerer o acesso à época especial de exames. 

 

8) Quais os direitos dos alunos que beneficiam do Estatuto de Estudante Atleta da UBI?

- O estudante pode faltar às aulas ou outras atividades similares quando esta se dever à comparência em campeonatos em representação da UBI, incluindo véspera de preparação e dias de deslocação correspondentes, num máximo de faltas correspondente a 15% das aulas consideradas obrigatórias em cada UC; 

- Adiar a data da realização de avaliações contínuas, a data de apresentação de trabalhos e relatórios escritos e/ou data da respetiva apresentação, quando estas coincidirem com a participação dos estudantes atletas em campeonatos em representação da UBI, incluindo véspera de preparação e dias de deslocação correspondentes;

- Requerer o acesso à época especial de exames, desde que cumpra as seguintes requisições: Assiduidade mínima aos treinos de 75% ou presença na fase final do CNU com um mínimo de 50% de assiduidade, ou classificação nos 3 primeiros lugares da respetiva modalidade.

 

9) Quais os estudantes que podem beneficiar do regime de Estudante a Tempo Parcial e qual o montante a pagar pelos estudantes que beneficiam do estatuto de estudante a tempo parcial?

O valor da propina a aplicar aos estudantes inscritos em regime de tempo parcial obedecerá aos seguintes critérios:

a) Estudantes inscritos dentro do prazo fixado para o efeito, até 15 unidades de crédito: 25% da propina;

b) Estudantes inscritos, dentro do prazo fixado para o efeito, entre 16 e 30 unidades de crédito: 50% da propina;

O regime de estudante a tempo parcial deve ser requerido até ao dia 30 de outubro do ano letivo em que é solicitado.

São ainda consideradas as seguintes situações pontuais:

1. Situação de doença;

2. Situação de falecimento de cônjuge, parente ou afim até ao 3.º grau na linha reta e 2.º grau na linha colateral;

3. Situação de necessidade de comparência perante autoridade policial, judicial ou militar.

 

10) O que é a prescrição da matrícula?

Entende-se por prescrição a perda do direito de matrícula e inscrição anual quando o aluno não cumpra os critérios de aproveitamento. Neste caso o aluno ficará impedido de se candidatar de novo a esse ou a outro curso, pelo período de dois semestres consecutivos (alínea b) do n.º 3 do artigo 5.º da Lei n.º 37/2003).

 

11) Quais os limites necessários para os alunos não prescreverem?

O regime de prescrição aplica-se aos alunos que não cumpram os seguintes critérios:

1) Obter60 ECTS em 3 anos de inscrição;

2) Obter um total de 120 ECTS em 4 anos de inscrição;

3) Obter um total de 180 ECTS em 5 anos de inscrição;

4) Obter um total de 240 ECTS em 6 anos de inscrição;

5) Obter um total de 360 ECTS em 8 anos de inscrição.

 

12) Pode ser melhorada uma nota, após ter sido obtida aprovação numa unidade curricular?

Sim, É facultada a repetição de inscrição, por uma só vez no ano letivo seguinte, para efeitos de melhoria de classificação final, em unidades curriculares nas quais o estudante já obteve aprovação em regular funcionamento, com recurso a unidades de crédito disponíveis, à exceção dos casos que determinam a conclusão de um ciclo de estudos. A classificação final a considerar é a melhor das obtidas nas escalas 10-20, sendo em caso de igualdade considerada a primeira aprovação na unidade curricular.

 

13) Qual o número máximo de ECTS em que se pode inscrever?

Pode efetuar a inscrição em unidades curriculares do ano curricular seguinte, até ao máximo de 60 ECTS, não podendo ultrapassar, a soma dos créditos em que não obteve aproveitamento do ano curricular imediatamente anterior com os créditos do novo ano curricular 72 ECTS.

Em situações excecionais, nomeadamente para efeitos de conclusão de determinado ciclo de estudos e outras devidamente fundamentadas, pode o estudante requerer, a equiparação de créditos novos a créditos em repetição de inscrição até 12 unidades de crédito.